Archive for Julho 2013

Sangue Final





Título: Sangue Final
Autor: Charlaine Harris
Págs:
Editora: Saída de Emergência





O livro

Há segredos na cidade de Bon Temps, segredos que ameaçam aqueles que estão mais próximos de Sookie — e que poderão despedaçar-lhe o coração... Sookie Stackhouse não pensa duas vezes antes de recusar o pedido da sua antiga colega Arlene quando esta pede que lhe devolva o seu lugar no Merlotte's. 

Afinal, Arlene tentou matá-la. O seu relacionamento com Eric Northman, porém, não é tão claro. Juntamente com os seus vampiros, ele mantém a distância... e um silêncio gélido. E, quando Sookie descobre porquê, sente-se devastada. É então que um homicídio chocante abala Bon Temps e Sookie é presa por esse crime.

Mas as provas são débeis e sai sob fiança. Quando começa a investigar o homicídio, descobre que o que passa por verdade em Bon Temps é apenas uma mentira conveniente. O que passa por justiça é mais sangue derramado. E o que passa por amor nunca será suficiente...

O autor

Charlaine Harris escreve romances de mistério além dos livros de Sookie Stackhouse. Vive no Sul do Arkansas com o marido, três filhos, dois cães, dois furões e um pato. Leitora ávida, cinéfila moderada e halterofilista ocasional, o seu passatempo preferido é incentivar os filhos em desportos variados, instalada em bancadas desconfortáveis.

Posted in , | Leave a comment

Opinião: Indiscrição

Indiscrição by

Charles Dubow


Título: Indiscrição

Autor: Charles Dubow

Págs: 280

Editora:
Planeta

Género: Romance

_________________________



Sinopse:


Harry e Madeleine Winslow foram abençoados na vida: têm talento, charme e dinheiro. Harry é um autor premiado e com uma carreira promissora. Madeleine é uma mulher de beleza sublime e graça, cuja bondade e serenidade desmentem a educação privilegiada e vivência no luxo. Ligados por profunda devoção, partilham um amor que provoca inveja.

Num fim-de-semana, no princípio de Verão passado na praia, Harry e Maddy, que estão na casa dos quarenta, conhecem Claire, uma jovem aparentemente inocente e inteligente, que desperta com sua a juventude e ingenuidade desarmante uma admiração no casal.

Atraída pelo inegável magnetismo dos Winslow, Claire entra na vida no casal.

Mas, ao longo do Verão, a amizade e reverência transformam-se em desejo perigoso. O que irá abalar e poderá destruir o mundo dos Winslow.

Uma história de amor, luxúria, engano e traição contada através da perspectiva de Walter, amigo de infância e apaixonado em segredo por Maddy.


Opinião:



«Há uma ganancia inata que faz parte da condição humana (...) O que é a curiosidade senão a ganancia de experiência, de reconhecimento, de glória?» (pág 99)


Um livro soberbo. Ainda me pergunto como pode uma estreia ter a pujança, a força e o impacto avassalador que este romance tem (e teve em mim).

Rendi-me a este maravilhoso e tocante romance, entreguei-me sem condições nem restrições e o resultado foi emocionante.
O livro ganha forma, cresce e mostra uma evolução surpreendente, trocando o expectável pela surpreendente escolha do caminho trilhado.

Charles Dubow envolve-nos com uma escrita peculiar e apaixonante. Não esquecerei este romance pois confesso que me marcou profundamente.

O livro prima pela escolha do narrador, a justificação da mesma, sobre que vamos especulando ao longo do livro.

A forma como nos é apresentado e a ênfase dada ao "backstory" ("passado") dos personagens é uma lição no que concerne à construção das mesmas.

Quem gosta de um bom romance arrependerá-se amargamente se não ler este livro.

Recomendo. (Este é o segundo livro que entra para a "My precious!" book collection). 

Posted in , | Leave a comment

E Se Fosse Um Anjo



Título: E Se Fosse Um Anjo
Autor: Keith Donohue
Págs: 384
Editora: Saída de Emergência

«Uma história cheia de amor e redenção, maravilhosamente escrita e cativante.»
Pittsburgh Post-Gazette



O livro

Há dez anos que Margaret não tem contacto com a sua filha Erica. Esta fugiu com um jovem anarquista e vive à margem da lei no Novo México, onde terá tido uma filha. Por isso, quando numa noite fria de Janeiro encontra uma criança abandonada à porta de sua casa, Margaret acredita tratar-se da sua neta.

 A pequena Norah destaca-se pela sua inteligência, bondade e cedo demonstra ter habilidades extraordinárias que encantam a comunidade. Afirma ser um anjo e consegue fazer duvidar os que a rodeiam. Mas quando uma carta de Erica chega às mãos de Margaret, toda a realidade que esta criara para explicar o sucedido ameaça desmoronar-se. Pois se Erica nunca teve uma filha… quem será realmente Norah?

O autor

Keith Donohue vive em Maryland, perto de Washington. Durante muitos anos foi escritor de discursos no National Endowment for the Arts. A Criança Roubada é o seu primeiro romance e um bestseller em todo o mundo.

Posted in , , | Leave a comment

Opinião: Departamento 19


Departamento 19 by 
Will Hill







Título:
Departamento 19
Autor: 
Will Hill
Págs: 416  
Editora: TopSeller
Género: Fantástico

 
 _________________________




Sinopse:
 

Jamie Carpenter tem 16 anos e perdeu o pai há pouco tempo. No mesmo dia em que descobre que a sua mãe foi raptada por um vampiro, é salvo por uma criatura gigante que diz chamar-se Frankenstein e que o leva para o Departamento 19, a agência supersecreta do governo. 
Conhecida também por Luz Negra, esta agência foi fundada há mais de um século por Van Helsing e outros sobreviventes de Drácula para combater as forças do sobrenatural. Com a ajuda da agência, de Frankenstein e de uma jovem vampira por quem se apaixona, Jamie vai fazer tudo para salvar a sua mãe, mesmo sabendo que terá de enfrentar um exército de vampiros sedentos de violência, sangue e destruição.





Opinião:

É com certeza um dos melhores livros sobre vampiros que li.

Preparem-se com ingredientes muito bons: uma organização secreta, uma história perdida no tempo, vingança, sangue, recursos tecnológicos avançados e muitos segredos escondidos.

O livro apresenta-se dinamico, com flashbacks de forma a apreendermos a história do Departamento 19 e conhecer as personagens que povoam esta história.

O enredo tem por base a história do Conde Drácula, requisitando algumas das personagens (John Seward, Quincey Morris, Arthur Holmwood, Dr. Abraham Van Helsing, Jonathan Harker) e utilizando as várias gerações dos mesmos para perpectuar a história no tempo.

O autor permitiu-me revisitar ainda que de uma forma breve o grande clássico do Conde Drácula.

Uma história moderna, em que os instrumentos de captura e as formas sofreram alterações e se adaptaram
às novas tecnologias. Uma mistura de fantástico com conto clássico, delicioso.

Will Hill deixou a fasquia muito alta para o próximo livro. Aguardo impaciente para ver o que nos reserva.

Posted in , | Leave a comment

Trailer do próximo filme Jogos da Fome

Leave a comment

Um conto inédito de Camilla Läckberg, disponível aqui no blog

Para quem segue com grande atenção a obra de Camilla Läckberg, e não só, deixo-vos aqui um conto inédito da autora.

Conto com que brindou os leitores da revista Elle espanhola.

Podem aceder ao conto aqui

O conto junta as habituais personagens dos livros de Camilla Läckberg
Boas leituras




Posted in | 2 Comments

Brian Freeman vence o "2013 Thriller Award for Best Hardcover"

Brian Freeman vence o "2013 Thriller Award for Best Hardcover"

No passado fim de semana Brian Freeman arrecadou mais um prémio. O livro "Spilled Blood" é o responsável pela felicidade do autor, que confessa que chorou e que a noite de entrega do prémio foi uma das noites mais memoráveis da sua vida.

Numa nota no facebook dos fãs agradece aos leitores pelo apoio e diz que se sente motivado a escrever mais livros.

Brian Freeman, publicou quatro livros no nosso pais através da Editorial Presença, nomeadamente "Segredos Imorais", "Cidade Inquieta", "Perseguida" e "O Voyeur".

Parabéns Brian Freeman / Congratulations Brian Freeman

A minha próxima leitura é um livro do autor.


Uma das fontes: http://www.quercus.com/2013/07/15/brian-freeman-wins-the-2013-thriller-award-for-best-hardcover/

Posted in | Leave a comment

Opinião: A Sombra da Sereia





A Sombra da Sereia by 
Camilla Läckberg






Título:
A Sombra da Sereia
Autor: 
Camilla Läckberg
Págs: 472  
Editora: D. Quixote 
Género: Policial
 
 _________________________



Sinopse:

 

Um homem desaparece misteriosamente em Fjällbacka e, apesar de todos os esforços de Patrik Hedstrom e dos seus colegas da Polícia, ninguém sabe se está vivo ou morto. Meses mais tarde, é encontrado no gelo com sinais de ter sido assassinado.
O caso complica-se quando Christian Thydell, um amigo da vítima, começa a receber ameaças anónimas. Christian, cujo primeiro romance, A Sereia, acaba de ser publicado com grande sucesso, não aguenta a pressão e mostra as cartas anónimas a Erica Falk, que o tinha ajudado a rever o manuscrito. 
Erica entrega-as ao marido. Suspeitava há muito da existência de uma sombra ameaçadora na vida de Christian e está preocupada com o que possa vir a acontecer-lhe. Alguém tem um profundo ódio por ele, alguém aparentemente perturbado e instável que não hesitará em concretizar as suas ameaças. Apesar de estar no final de uma gravidez de gémeos, Erica procura encontrar respostas para as suas inquietações e essas respostas remetem para o passado e para uma história terrível.




Opinião:

Adoro o ambiente familiar que Camilla 
criou nos seus livros, a intimidade e proximidade com que nos agarramos às personagens e à evolução das suas vidas.

Seguimos a história principal desejando acompanhar paralelamente a história individual de cada uma das personagens secundárias que ganham mais ou menos destaque ao longo dos livros conforme a conveniência.

É tão próxima a perspectiva que nos sentimos incluídos nela, que podemos "materializar" as pessoas no nosso quotidiano.

As alternâncias entre os pequenos episódios na vida de uma criança adoptada e a acção principal dão um ar misterioso que envolve e emoldura a história.

Erika é uma personagem que nos cativa pela curiosidade aguçada e incontrolável, que normalmente a coloca em situações desagradáveis, e nem mesmo o facto de estar grávida a pára. Só gostava de ver um pouco mais de "conflito" entre o casal, alguma discussão acesa e um ou outro momento mais "tórrido" entre o casal (Erica e Patrik) chamem-me sádico...!


O livro começa pelo desaparecimento de um homem, e a penosa procura de respostas por parte da sua mulher e de como isso afecta Patrik que poucas esperanças tem num desfecho favorável. Camilla aproveita uma das personagens, Christian - um recente escritor, para fazer a ligação de Erica à história e nos oferecer um pouco do mundo real da própria autora. Obrigado Camilla.

O livro oferece-nos e explora a relação de 4 casais, cujas vidas divergem em termos de relacionamento mas tocam-se por algo profundo e aterrador. Camilla explora muito bem estas relações afectivas (infidelidade,

drama, alcoolismo, amor, infelicidade)  que enriquecem a envolvente.

O final superou as expectativas e é nos oferecido num ritmo fluído, com muito suspense à mistura.



Parece-me notar uma ligeira variação em relação ao livro anterior, fiquei na expectativa do que nos trará no próximo livro. Aguardo também a vossa opinião. Gostei muito, e espero ansiosamente pelo próximo.

Posted in , , | Leave a comment

Opinião: As Cinquentas Baboseiras de Toni

As Cinquentas Baboseiras de Toni by 
Rossella Calabró





Título: As Cinquentas Baboseiras de Toni
Autor: Rossella Calabró
Págs: 136  
Editora: Planeta
Género: Erótico / humor










Sinopse:
 

Onde o Grey conversa garbosamente com a amada, o Toni recita o alfabeto inteiro arrotando.
Se o senhor Grey toca de forma magistral piano, o Toni fica escarrapachado no sofá.

O Toni, em suma, é o nosso companheiro-marido-amante, com quem nos encontramos à frente no exacto momento em que paramos de sonhar acordadas com o fatal Grey literário.

Menos fascinante, mas muito mais divertido e com pelo menos cinquenta razões narradas neste livro hilariante.

O Toni esconde-se dentro de T-shirts decoradas a gordura, e em vez da leitura refinada prefere o último número do jornal A Bola.

Bem, há qualquer coisa que falta ao senhor Grey: ser amado por provocar um sorriso.
Se depois de ler de um só fôlego a trilogia de E. L. James se perguntar quem é o exemplar de homem que ressona alto ao seu lado, então, este é o livro certo para descobrir.

E o mais importante, para rir. Porque, afinal, o riso é a coisa mais erótica que existe. 

O senhor Grey é lindíssimo.
Olhos: cinzentos como o céu antes de uma tempestade hormonal. Mãos: grandes como o amigo solitário que se situa abaixo da cintura. Cabelos: que dão para fazer um ninho.

E o Toni?
Olhos: dois. Mãos: também. Cabelos: heróicos. Podem ser admirados perto do monumento aos Caídos erigido em sua homenagem.


Opinião:

Um livro com um sentido de humor apurado, que acaba por ser uma caricatura bastante engraçada dos homens (não que eu tenha achado muita piada ... estou a brincar).

Confesso que houve partes que só de imaginá-las me parti a rir. Os discursos e o tacto feminino é sui generis para contornar as peripécias de Toni.

Atrevido e com  um sentido de humor apurado mostra-nos uma autora divertida e que gosta de provocar o leitor (entenda-se o sexo masculino). Deliciei-me ao ler os confrontos entre o desejado (Grey) e o possuído (Toni), as reflexões intuitivas do que uma jovem pode ou não ser capaz de fazer com pouca ou nenhuma experiência, é hilariante.

Aponto um pequeno "defeito", de um momento para o outro acabou ... a rapidez com que se lê, uma pessoa fica a desejar que as folhas se multipliquem quando pelo contrário escasseiam.

Leitura ideal, para dar e tirar gargalhadas entre amigos num qualquer serão neste Verão.


A jeito de provocação fico à espera das cinquenta baboseiras de Tina ;)

Posted in , | Leave a comment

Preparando as Férias de Verão, isto de escolher livros não é fácil ...






Carrega nas capas e obtém mais informação de cada um deles:
Tenho Policial, Fantástico e Romance. São todos uma boa companhia para este Verão.




 







2 Comments

Opinião: Perigo Duplo






Perigo Duplo by 
James Patterson





Título: Perigo Duplo 
Autor: James Patterson
Págs: 384   
Editora: Topseller  
Género: Policial
 
 _________________________



Sinopse:

Alex Cross desejava uma vida mais calma e rotineira depois de ter deixado a polícia. Quando dois assassinos em série decidem persegui-lo em simultâneo, e lhe deixam pistas após cada novo crime, Cross vê-se uma vez mais envolvido em problemas.

Um deles, conhecido por Assassino Público, dá início a uma série de homicídios complexos e mediáticos, espalhando o pânico por Washington, DC. O outro, Kyle Craig, é um dos seus inimigos mais antigos, que jurara vingar-se do detetive e que acaba de escapar da prisão de máxima segurança em que estava há quatro anos.

Alex Cross, o «Caçador de Dragões», regressa, então, para enfrentar dois criminosos perversos, que não olharão a meios para o derrubar.

Opinião:

Devo começar por dizer, que este livro ganhou destaque entre os livros que li de James Patterson.

O livro respeita a forma a que James Patterson nos habituou, capítulos pequenos, apelativos e cheios de acção. Uma história coerente e eloquente.

Alex Cross, após uma retirada estratégica, com a vida relativamente estabilizada, e com tempo para se dedicar à família e à sua vida pessoal, de um momento para o outro vê-se de novo arrastado para a resolução de um crime, uma escritora foi assassinada por um assassino cruel que adora exposição mediática. Eis a chave que nos abre a porta para uma aventura intrigante e vertiginosa.

À medida que o enredo avança, absorve-nos nos aparentes becos sem saída. Bree, uma policia com quem Alex mantém uma relação faz a ponte entre os dois mundos de Alex. Reconhecemos um Alex dividido nas
opções tomadas, entre uma vida mais familiar e na atracção irresistível à sua actividade profissional anterior.

O livro tem os ingredientes que fazem um amante de policiais como eu querer devora-lo. Apresenta "um" assassino inteligente, egocêntrico e que tem um propósito bem vincado que nos deixa na expectativa do inicio ao fim. Consegue manter diversas pontas soltas de forma a manter o leitor colado ao livro.

O jogo de suspense e a constante dúvida que o livro encerra fazem deste um dos livros de James Patterson que mais gostei. Imperdível, violento, engenhoso. James Patterson no seu melhor.

Posted in , | Leave a comment

O Assassino 50/50










Título: O Assassino 50/50
Autor: Steve Mosby
Págs: 320
Editora: Europa-América







Alguns livros que anseio ler …

O Livro

Quando começa os seus ataques, o assassino já conhece muito bem as suas vítimas. Após semanas de preparação, ele escolhe jovens casais que sujeitará a uma única noite de tortura e manipulação, testando e destruindo o amor que os unia. E ele obra-os a escolher: têm oito horas para decidir qual dos dois morrerá ao nascer do Sol...

O autor:

O britânico Steve Mosby é uma estrela em ascensão no mundo do romance policial e tido pela crítica britânica como um dos autores mais originais neste género. É autor d’O Assassino 50/50.

Posted in | Leave a comment

Tokyo Killer







Título: Tokyo Killer
Autor: Barry Eisler
Págs: 288
Editora: Saída de Emergência

«No cenário noir de Tóquio, os clubes de Jazz, bares e motéis, ganham vida de uma forma inesquecível. Quem ler os primeiros capítulos, entenderá como se vai tornar amigo de um assassino.»
Booklist




 Alguns livros que anseio ler …

  O livro

John Rain é um assassino. O seu talento é matar. A sua especialidade: fazer com que pareça um acidente ou morte por causas naturais. Mas Rain tem as suas próprias regras e sabe que não as pode quebrar. Meio americano, meio japonês, ele é um mercenário treinado para fazer o trabalho sujo que os governos negam existir. Na frenética cidade de Tóquio, até uma carruagem de metropolitano em hora de ponta, está repleta de oportunidades para provocar a morte de uma vítima.

John Rain pode não ser um bom homem, mas é bom naquilo que faz. Confiante, discreto… ele é o melhor assassino que o dinheiro pode comprar. Até ao dia em que se apaixona pela sedutora filha de um homem que matou. Todas as suas regras estão em causa. E o amor pode tornar-se o seu maior inimigo.

O autor

Barry Eisler mora e trabalha na zona da baía de San Francisco. Depois de se licenciar na Cornell Law School em 1989, passou três anos a trabalhar para o governo dos E.U.A. Já viveu e trabalhou no Japão e viaja com frequencia a esse país, assim como a outros países asiáticos. 

Os thrillers de Eisler já ganharam o prémio Barry Award e o Gumshoe Award para O Melhor Thriller do Ano, e foram incluídos em numerosas listas de "Best Of", tendo sido traduzidos em aproximadamente vinte idiomas. O livro Rain Fall, da série do assassino John Rain, teve também uma versão cinematográfica em 2009, conduzida pelas mãos do director Barrie Osborne, famoso por ter recebido um Oscar pela produção da trilogia Senhor dos Anéis.

Posted in | Leave a comment