Archive for Junho 2015

A Cascata do Amor de Lauren Kate


««Os fãs do best-seller Anjo Caído, de Lauren Kate, encontrarão uma combinação semelhante de
sobrenatural romance, mistério e destino.» Publishers Weekly»


Uma saga épica com segredos devastadores e magia negra.

Um mundo onde tudo o que amamos pode ser levado pela corrente.

Uma nova série cheia de aventuras, batalhas, romance e mitologia, cuja heroína descobre que uma antepassada com o coração partido de amor verte uma lágrima que inunda a Atlântida.

O livro encerra uma história assombrosa sobre uma rapariga que ficou destroçada e chorou tanto que formou um continente no mar... e há algo na história que é misteriosamente familiar.

Uma história em que a renúncia ao amor para salvar a humanidade acaba por ser uma lição de vida não só para a protagonista como também para quem lê.

Uma rapariga triste.
Um rapaz apaixonado.
Um mundo em perigo.

Com apenas uma lágrima, Eureka inundou o mundo e iniciou a ascensão de Atlântida. Se verter mais duas, nada parará o maléfico rei Atlas.

Herdeira da Linhagem da Lágrima, é a única pessoa capaz de o deter, mas para o conseguir terá de atravessar o oceano para descobrir Solon, um Semeador em fuga, que sabe como enfrentar o rei.

Mas a revelação do amor entre Ander e Eureka faz com que Solon envelheça rapidamente e se senta incapaz de vencer Atlas.
Se continuarem juntos, Solon morrerá em breve. Eureka precisa de se reconciliar consigo mesma e com o que o seu sofrimento causou ao mundo.

Um segredo sobre a Linhagem da Lágrima mudará tudo, passado, presente e futuro. Eureka tem uma visão de uma lagoa
encantada que revela um segredo esmagador. Com esse conhecimento, será capaz de conseguir a chave para derrotar Atlas. Mas o seu coração partido poderá deitar tudo a perder.

Em A Cascata do Amor, Eureka tem a oportunidade de salvar o mundo. Mas terá de desistir de tudo, até mesmo do amor.


 
Nascida e criada em Dallas, Lauren Kate estudou em Atlanta, mas foi em Nova Iorque que se iniciou na escrita.

Depois da publicação de The Betrayal of Natalie Hargrove, descobriu o êxito com Anjo Caído.

Lauren Kate é professora e tem um mestrado em Escrita Criativa pela Universidade da Califórnia – Davis. Reside com o marido em Los Angeles.

Visite o sítio da autora em: http://laurenkatebooks.net/

http://www.planeta.pt/

Posted in , , | Leave a comment

O Lago dos Sonhos de Juliet Marillier



«Um mundo cheio de encantamento, devoção, mágoa e mistério.»
Publishers Weekly


Esta série conta-nos o percurso de Blackthorn, uma curandeira que esteve presa injustamente. Grim foi seu companheiro de cela e após a libertação viajam juntos para a floresta de Dalriada. Embora tenha posto os planos de vingança de parte é-lhe difícil não ceder aos impulsos.

Um livro cheio de magia, que mistura as lendas celtas com maestria, no dia-a-dia das suas personagens.
Sentimentos como a dor, a revolta, o amor e o dever acompanham estas complexas e ricas personagens.

Em troca de ajuda para escapar a um longo e injusto encarceramento, a amarga curandeira mágica Blackthorn jurou pôr de lado o seu desejo de vingança contra o homem que destruiu tudo o que lhe era querido.

Seguida por um companheiro de clausura, um homem grande e silencioso chamado Grim, ela viaja para o norte, rumo a Dalriada. Aqui,viverá na orla de uma misteriosa floresta e terá de cumprir, durante sete anos, a promessa que fez ao seu libertador: aceder a todos os pedidos de socorro que lhe forem dirigidos.

Oran, príncipe herdeiro do trono de Dalriada, esperou com ansiedade a chegada da sua noiva, Lady Flidais. Conhece-a apenas por via de um retrato e da poética correspondência que trocaram entre si e que um dia o convenceu de que Flidais era o seu verdadeiro amor.

Oran descobre, porém, que as cartas também mentem, pois, embora igual em aparência à imagem no retrato, a sua noiva vem a revelar-se uma mulher muito diferente da criatura sensível e sonhadora que escreveu aquelas cartas.

Nas vésperas do seu casamento, o príncipe não vê saída para a o seu dilema. Mas corre o rumor de que Blackthorn possui um dom extraordinário para a resolução de problemas espinhosos, e ele pede a sua ajuda.

Para salvar Oran das suas insidiosas núpcias, Blackthorn e Grim vão precisar de todos os seus recursos: coragem, engenho, astúcia e talvez até um pouco de magia.


 
Juliet Marillier nasceu na Nova Zelândia, em Dunedin, uma cidade com fortes raízes na tradição escocesa. Licenciou-se com distinção em Linguística e Música, na Universidade de Otago, e tem tido uma carreira variada que inclui o ensino, a interpretação musical e o trabalho em agências governamentais.

Actualmente, Juliet vive numa casa de campo centenária, perto do rio, em Perth, na Austrália, onde escreve a tempo inteiro.

É membro da ordem druídica OBOD. Partilha a sua casa com dois cães e um gato.

Juliet Marillier é uma autora internacionalmente reconhecida e os seus romances já conquistaram vários prémios. Visite o sítio da autora em: www.julietmarillier.com

http://www.planeta.pt/

Posted in , , | Leave a comment

Resultado Passatempo: Tentador ao cair da noite de Emma Wildes









O blog Livro e Marcadores e a Editora Planeta agradecem as 202 participações. 

O(a) vencedor(a) foi:  





90 - Maria Henriqueta Costa   - Gualta





Parabéns
A equipa do "Livros e Marcadores"

Posted in , | Leave a comment

BookBraggies

Posted in , , | Leave a comment

A Rainha Branca de Philippa Gregory




A GUERRA DOS PRIMOS

A Guerra das Rosas ou a Guerra dos Primos foi uma série de lutas dinásticas pelo trono de Inglaterra, durante os reinados de Henrique VI, Eduardo IV e Ricardo III. Em campos opostos encontravam-se as casas de York e de Lencastre, ambas da dinastia Plantageneta e descendentes de Eduardo III.

Teve origem nos problemas sociais e financeiros decorrentes da Guerra dos Cem Anos e no facto de Henrique VI ter perdido terras francesas conquistadas. A sua queda surge quando um candidato Lencastre, Henrique Tudor, derrotou o último rei de York, Ricardo III, conquistando o trono.

RAINHA BRANCA

A história de uma plebeia de grande beleza, que ascende à realeza, servindo-se dos seus trunfos e que casa com o rei Eduardo IV.
Embora de origens humildes, ela mostra estar à altura da sua elevada posição social e que luta tenazmente pelo êxito da sua família.
Uma mulher cujos filhos estarão no âmago de um mistério que há séculos intriga os historiadores: o misterioso desaparecimento dos dois príncipes encarcerados na Torre.

Através da sua visão única, Philippa Gregory explora o maior mistério por resolver, baseando-se numa investigação rigorosa e recorrendo ao seu inimitável talento como contadora de histórias.


 
Nascida no Quénia a 9 de Janeiro de 1954, esta famosa escritora de romances históricos, mudou-se para Bristol, Inglaterra, quando tinha dois anos.

Formada em História pela Universidade de Sussex e doutorada em Literatura do Século XVIII pela Universidade de Edimburgo.
Além de escritora de romances, também escreve críticas para jornais britânicos e revistas. É também conhecida pelos programas de rádio e televisão.

Philippa vive com a família – o marido, dois filhos e enteados – numa quinta do Yorkshire, onde cria cavalos, galinhas e patos. Gosta de jardinagem, equitação e caminhadas.

Também é activa em projectos de caridade e fundou o Gardens for the Gambia. O seu período preferido da História é a Era Tudor, sobre o qual já escreveu vários romances, alguns adaptados para televisão e cinema.

Philippa Gregory também tem vários livros infantis publicados, além de romances com histórias modernas.

http://www.planeta.pt/

Posted in , , | Leave a comment

Opinião: O Outro Filho de Alexander Söderberg






 
Enquanto Hector Guzman se encontra em estado de coma, o seu império definha lentamente. Aron Geisler, o seu braço direito, esforça-se para manter o barco à superfície. Sophie Brinkmann está dominada e é usada para manipular os parceiros de negócio e inimigos, levando-os a pensar que está tudo sob controlo… Mas essa não é a realidade.

Quando o irmão de Hector é assassinado em Biarritz, Sophie acha que pode impedir que uma série de acontecimentos sejam desencadeados. Mas uma boa decisão leva a um resultado errado… terrivelmente errado.
Sophie torna-se peão num jogo com regras que desconhece, onde a lealdade e a amizade não têm lugar. Indefesa e sozinha num mundo onde reina a mentira e a violência desmedida, tudo em que acreditava e que a definia, parece-lhe sem sentido.

Depois do romance de estreia O Amigo Andaluz, Alexander Söderberg apresenta-nos o segundo livro da trilogia Brinkmann, O Outro Filho que continua a mostrar-nos o lado mais negro e mais frágil do ser humano.





Este é o segundo livro da trilogia de Alexander Söderberg (Brinkmann Trilogy #2). Depois das peripécias do primeiro livro (O amigo andaluz) estava muito curioso com a evolução que o autor ia dar a esta trilogia.


A história fala de uma enfermeira, Sophie Brinkmann, que após tratar de um paciente (Hector - cabecilha de uma organização criminosa) se viu mergulhada no submundo do crime. Este é um mundo perigoso onde ninguém pode confiar em ninguém… O livro anterior termina com Hector em coma, e com várias organizações criminosas a cobiçar a quota de mercado de Hector.

Aron Geisler é o braço direito de Hector e tenta a todo o custo manter uma aparente normalidade e continuar com os negócios na ausência de Hector. Não se afigurando uma tarefa fácil, Aron utiliza Sophie na tarefa de amenizar as tensões e pressões de outras organizações, mas as consequências podem ser desastrosas... para todos. 


Apesar do começo servir para fazer a ligação e relembrar os personagens do livro anterior, consequentemente num registo mais lento, passado esta curta fase que nos coloca de novo na história, o livro ganha uma fluidez estonteante.


A escrita é clara, com diálogos concisos que favorecem uma rápida leitura.


Prepare-se para perder a noção do tempo na companhia deste livro. Simplesmente absorvente...


Gostei das manobras criadas para determinados personagens não serem seguidos, tal como, a imagem de clausura a que tinham que se submeter para evitarem serem alvos de ataques. Faz-me lembrar as histórias de Saddam Hussein que diziam que ele não dormia no mesmo sítio duas vezes seguidas.


A acção, sangue, tiroteios, raptos, corrupção, drogas, poder, lealdade, traição e uma pitada de romance são alguns dos elementos que imprimem urgência ao leitor para conhecer o desfecho de cada nova cena e que fazem deste um livro de fácil leitura e muito apelativo. 


Uma das características que marcam o livro, para além da intensa acção, é a multiplicidade de localizações geográficas onde se desenvolve a trama.


Quanto às personagens, Sophie sobressai, é viúva e tem um filho numa cadeira de rodas. A sua ingenuidade poderá ser a sua melhor arma ou a sua sentença de morte! O autor não se priva de complicar a vida a Sophie, tantas são as adversidades a vários níveis e que criam constantemente momentos de tensão para deleite do leitor ...


Devorei num ápice, duas noites foram suficientes para ler este livro!

Posted in , | Leave a comment