Archive for Fevereiro 2016

O espião inglês de Daniel Silva

 

«Um livro admiravelmente notável de um escritor deveras talentoso»
Sun


Ela é um ícone da família real britânica, amada tanto pela beleza como pela sua atividade humanitária e detestada pelo ex-marido e pela rainha de Inglaterra, sua ex-sogra. Quando uma bomba rebenta a bordo do iate onde passa as férias, os serviços de inteligência britânicos recorrem a um estrangeiro, o lendário espião e assassino profissional Gabriel Allon, para seguir a pista do autor material do atentado.

O objetivo de Gabriel recai em Eamon Quinn, perito no fabrico de explosivos e sicário ao serviço do melhor licitador. Quinn é um homem esquivo, um habitante das sombras(«um sussurro numa capela na penumbra, um fio solto na bainha de uma vestimenta descartada»), mas por sorte Gabriel não está sozinho no seu encalço. Conta com a ajuda do britânico Christopher Keller, um antigo militar de elite convertido em assassino profissional, conhecedor em primeira mão da eficácia mortífera de Quinn.



Daniel Silva, número um da lista de best-sellers do New York Times, é o galardoado autor de O Espião Improvável, O Confessor, Morte em Viena, As Regras de Moscovo e A Rapariga Inglesa. 
 
Os seuslivros, publicados em mais de trinta países, encontram-se entre os mais vendidos em todo o mundo. 
 
Membro do Conselho do Museu do Holocausto dos Estados Unidos, Daniel Silva vive atualmente na Florida com a mulher, Jamie Gangel, e os dois filhos, Lily e Nicholas.

Posted in , | Leave a comment

O Pai de Anders Roslund & Stefan Thunberg

 
 «Uma poderosa e real história de vida»
The Guardian


Baseado numa série de acontecimentos violentos e macabros que marcaram a Suécia na década de 1990, o livro é a história de um destino comovente de uma família, do amor que une três irmãos e da complexa relação entre pais e filhos.

O livro é narrado a dois tempos: no passado, onde podemos perceber a dinâmica familiar, assim como a tirania e influência negativa do pai, e no presente, onde decorrem os assaltos.


A fuga durante meses do trio de assaltantes que ludibriava a polícia acaba com a sua prisão pelo detective John Bronk e com uma pena exemplar na história da Suécia.


 
ANDERS ROSLUND
É um jornalista galardoado e um dos mais bem-sucedidos escritores escandinavos de criminalidade dos nossos dias.
É também autor best-seller do New York Times de Três Segundos, livro que obteve entre outros prémios o CWA Dagger International, o The Glass Key e o Crime Writers’ Award.


STEFAN THUNBERG

É um dos mais célebres guionistas da Escandinávia. Enquanto alcançou a fama neste campo, o resto da família celebrizou-se de forma muito diferente: o pai e irmãos tornaram-se nos mais procurados e famosos assaltantes de bancos da Suécia, o que lhes valeu a alcunha de Militärligan (O Gangue Militar), assim baptizados pelos meios de comunicação.
http://www.planeta.pt/

Posted in , , , | Leave a comment

Stalker de Lars Kepler

«Incrível […] Este livro consegue ser melhor do que os anteriores.»
Berglingske


Um assassino em série aterroriza Estocolmo. 

Qual voyeurista, ele filma as suas presas, sempre mulheres, na intimidade das suas casas e depois coloca os vídeos no YouTube, enviando em simultâneo um link para o Departamento da Polícia Criminal.

Quando a primeira mulher aparece morta, vítima de um brutal homicídio, a Polícia começa as suas investigações, mas os vídeos que se sucedem não permitem identificar os alvos. 


Desconfiando de que o marido da segunda vítima, Björn Kern, traumatizado após ter encontrado o corpo da mulher, detém informações cruciais que podem ajudar o caso, a Polícia decide pedir ajuda ao hipnotista Erik Maria Bark. No entanto, aquilo que Björn lhe conta leva Erik a mentir à Polícia.

Se as luzes estiverem acesas, um stalker consegue ver a sua presa do lado de fora, mas, se estiverem apagadas, é impossível ver um stalker que já se encontre dentro de casa. Tranque as portas e corra as cortinas – os Lars Kepler regressaram com um novo thriller de cortar a respiração.


 
Lars Kepler é o pseudónimo de uma dupla de escritores de sucesso na Suécia: Alexander Ahndoril e Alexandra Coelho Ahndoril. O Hipnotista, primeiro volume da saga, alcançou um enorme sucesso internacional e foi adaptado ao cinema pela mão do realizador Lasse Hallström. Depois de O Hipnotista, O Executor, A Vidente e O Homem da Areia, chega-nos Stalker.


Mais informações em www.larskepler.com


Posted in , , | Leave a comment

Opinião: Caminhos Sombrios de Sandra Brown





 

Emory Charbonneau é uma grande pediatra, respeitada entre os colegas e estimada pela sociedade. Depois de uma discussão com o marido, Jeff, a jovem médica prepara-se para uma maratona e desaparece nas montanhas da Carolina do Norte. Quando Jeff comunica o seu desaparecimento à polícia, todas as pistas que Emory deixou desapareceram. O nevoeiro e o gelo põem um fim às buscas.

Emory recobra a consciência, com um misterioso ferimento na cabeça, num local estranho. E na companhia de um homem cujo passado é tão sombrio que ele não quer sequer dizer-lhe o seu nome. Sem telefone, sem internet, sem ninguém por perto, mas movida pelo medo, Emory está determinada a escapar a todo o custo do cativeiro.

Inesperadamente, no entanto, os dois têm um encontro perigoso com pessoas que seguem um código de justiça própria. No centro da disputa está uma jovem desesperada a quem Emory não pode virar costas, mesmo que isso signifique violar a lei.

Quando o esquema do marido é revelado e o FBI se aproxima do seu captor, Emory começa a perguntar-se se o homem sem nome não será, na verdade, o seu salvador...






Os livros de Sandra Brown ocupam um lugar especial na minha estante, e é com muito orgulho que sempre que a oportunidade aparece divulgo a minha colecção de livros da autora.


http://livrosemarcadores.blogspot.pt/2015/02/close-up-interviews-com-sandra-brown.htmlPara além dos livros e da sua escrita o blog mantém um carinho especial pela entrevista "Close Up" que a autora nos cedeu e que vos convido a (re)ler aqui.


Posto isto, e fazendo uma análise imparcial ao livro eis a nossa opinião.



O desaparecimento de uma pediatra abastada, após uma discussão com o marido, Jeff, leva a toda uma série de teorias sombrias e acusações sobre o marido.

Por outro lado, Emory, a pediatra, recobra a consciência e descobre que se encontra numa cabana isolada, ferida, e … não está sozinha! Um homem misterioso vigia-a. O que pretenderá dela?

Conseguirá Emory fugir daquele desconhecido? Será Jeff acusado de homicídio? Quem é aquele homem misterioso? 




A escrita, sempre fluída, é inconfundível na forma e no conteúdo. Sandra Brown é facilmente reconhecida pela sua escrita. Existem 5 ingredientes que são indissociáveis das suas histórias: o romance, as reviravoltas, o suspense, o erotismo e a acção.


Por norma em doses equilibradas, contudo este livro alterou este paradigma, o suspense teve um cuidado redobrado o que aumentou exponencialmente o prazer da leitura. Este foi trabalhado de uma forma diferente da habitual! Tornou a história mais acutilante, mais polida e com maior impacto.


Considero "Caminhos Sombrios" um dos melhores livros da autora que tive a oportunidade de ler!


Há contudo um pequeno detalhe que, não beliscando a história, poderia ter outro desenvolvimento. Refiro-me, mais concretamente, ás razões que movem um dos personagens. Quando lerem perceberão a que me refiro. Isto são preferências muito pessoais, e como adiantei, não diminuem a qualidade deste excelente livro.


A história está bem desenhada, recomendo especial atenção para as subtilezas das reviravoltas que o livro apresenta. De uma forma harmoniosa, integrando-se e moldando a opinião do leitor à medida que a história evolui. Efeito simplesmente grandioso.



Quanto ás personagens, são todas muito apelativas, gostei por razões diversas, da personagem de Jeff. Do seu egocentrismo bem delineado, com traço firme e coerente. As preocupações e prioridades que o conduzem e a evolução da sua conduta. Uma arte acessível a poucos.



Este é uma obra deliciosa que promete horas de verdadeiro prazer ao leitor mais exigente. (Leitura Obrigatória)

Posted in , , | Leave a comment