Archive for Dezembro 2016

Série Sebastian Bergman


Posted in , , | Leave a comment

Opinião: O Trilho da Morte de Sarah Blaedel


 



Sune Frandsen desapareceu na floresta de Hvalsø no dia em que completava 15 anos. Uma semana depois do sucedido, Louise Rick, chefe do Departamento de Pessoas Desaparecidas, regressa ao trabalho após uma baixa médica. Ao investigar, descobre que se trata do filho do talhante Frandsen, amigo de Klaus, o seu primeiro grande amor, cujo suicídio nunca fora convenientemente explicado.

Na sua juventude, Klaus e Frandsen pertenciam a um grupo que praticava rituais inspirados em antigas crenças nórdicas.


Quando o cadáver de uma prostituta é encontrado em Hvalsø, perto do carvalho sacrificial onde os membros deste grupo ainda hoje se reúnem, tudo leva a crer que Sune testemunhou algo que não devia, e que pode correr perigo de vida.


Louise vai-se apercebendo de que os sacrifícios aos deuses aqui praticados vão muito além dos antigos ritos. E que esta investigação também lhe pode revelar a verdade acerca da enigmática morte de Klaus.
. .



O Trilho da Morte é o 8º livro da série #Louise Rick, e o segundo da trilogia da Unidade Especial de Busca. Após a publicação de "As raparigas esquecidas" pela TopSeller, o primeiro desta trilogia, fiquei muito curioso em aprofundar os conhecimentos da obra de Sara Blædel.

Por isso, foi com satisfação, que peguei neste livro.

Um adolescente de 15 anos, Sune, desapareceu na floresta de Hvalsø após um estranho ritual de iniciação. Dias depois descobrem corpos nessa mesma floresta. Haverá relação entre os casos?

Luise Rick, ao investigar o caso começa a descobrir conexões com o seu passado e os fantasmas que envolvem o aparente suicídio de Klaus (o seu primeiro grande amor) regressam com mais força. No meio de rituais que têm no seu cerne práticas ancestrais nórdicas e um pacto a toda a prova entre os seus membros, Luise terá dificuldades em quebrar esta corrente e descobrir as verdades inconvenientes que teimam em esconder-lhe.


Gostei como foi projectado o enredo. Uma investigação que começa fria, sem grandes aspirações a que se torne algo mais do que a fuga de um adolescente, por vontade própria, com dificuldades em gerir a doença da mãe, uma fuga de uma realidade difícil, para passar para um crescendo na dinâmica e na complexidade do desaparecimento.

O foco do livro não é o de descobrir a razão do desaparecimento do jovem nem sequer encontrar o responsável pelo crime, até porque desde cedo o leitor é conhecedor das motivações da fuga e do contexto em que a mesma aconteceu. Há assim um direccionar da atenção do leitor para o caminho em si, quer a nível da investigação quer a nível da progressão pessoal da personagem principal, Louise. Parece haver uma divisão de atenção, se assim se puder dizer, do caso de desaparecimento e da procura de saber o que aconteceu a Klauss, que se tornou uma obsessão para a detective.

No campo emocional, vemos a personagem a começar uma relação com o seu colega que também trás os seus fantasmas na bagagem. Mas que se mostra muito compreensivo perante os dilemas e os rasgos de intempestividades que assolam Louise quando o assunto é Klaus. 

No seguimento do livro anterior, Sara Blaedel, cria situações de grande tensão propiciando uma leitura fluída e prazerosa. O livro vale também pela caracterização, por mostrar personagens credíveis, que não são super heróis e que vivem com maior ou menor intensidade a sua profissão, deixando-se levar, muitas vezes, por motivações pessoais.

O livro tem, a meu ver, uma mensagem subtil, a da necessidade da sociedade se ajustar à realidade que vivemos. A necessidade de uma relação bidireccional que medeie a necessidade de nos integrarmos e de nos adaptarmos ao contexto em que nos inserimos e, por outro lado, adaptarmos esse mesmo contexto à nossa realidade, à razoabilidade e bom senso.

Estou muito curioso com o desfecho desta trilogia e em saber o que aconteceu a Klauss, embora já tenha algumas suspeitas. Espero ser surpreendido.






Posted in , , | Leave a comment

Resultado Mega-Passatempo Natal





O blog Livro e Marcadores com a colaboração das Editoras: Editorial Presença, 1001 Mundos, TopSeller, Planeta, Suma, D. Quixote, Saída de Emergência , Porto Editora, o Autor Nuno Nepomuceno. e a Luso Coffee Roasters e a Suma de Livros agradecem as participações.


Tivemos 551 participações e os vencedores foram:






Items a passatempo:

http://www.presenca.pt/livro/a-carreira-do-mal/https://www.portoeditora.pt/produtos/montra/livros-em-portugues/8066x5839http://www.nunonepomuceno.com/

http://www.leyaonline.com/pt/livros/literatura/thriller-policial/policia/https://www.facebook.com/planetaportugal/?fref=tshttp://www.topseller.pt/livros/o-carrasco-do-medo

http://www.saidadeemergencia.com/produto/litfantastica-bang/fantasia-o-202346/jardins-da-lua-o47247714/https://www.facebook.com/Suma-de-Letras-Portugal-447625115346375/?fref=tshttps://lusocoffeeroasters.com/categoria-produto/cafes-especiais/

https://www.facebook.com/Suma-de-Letras-Portugal-447625115346375/?fref=tshttps://www.facebook.com/1001mundos/?fref=nf https://www.facebook.com/planetaportugal/?fref=ts

https://lusocoffeeroasters.com/categoria-produto/cafes-especiais/http://www.nunonepomuceno.com/








Tivemos 551 participações e os vencedores foram:


1*** Sergio Manuel Teixeira da Silva   - Guimarães - Onde está Wookiee?

2*** Inês de Jesus Nicolau   - Setúbal - O Diário Secreto de Laura Palmer

3*** Ana Paula Marques Sousa   - Açores - O Espião Português

4*** Rita Oliveira do Carmo - Seia - Confissões

5*** Teresa Maria Dias Ferreira - Barreiro - Prodigy

6*** Orquídea Alexandra Sousa Monteiro Polónia    - Porto - Café Hondura

7*** Filomena Maria Pinho Rodrigues Pereira de Sousa - Vila Nova de Gaia - A Viúva

8*** Susana Isabel Henriques - Lisboa - A mão de Deus

9*** Raquel Alexandra Lima - Guimarães - A célula adormecida

10***Elisa Maria de Sousa Esteves - Olhalvo - A carreira do mal

11***Sandra  Elisabete Bettencourt  - Lisboa - O carrasco do Medo

12*** Ana Rita Martins Parauta - Poiares da Régua - Polícia

13*** Rita Silva Clemente - Vila Franca Xira - Jardins da Lua

14*** Maria Odete Mendes da Silva  - Quinta do Anjo - Café Guatemála





Parabéns
A equipa do "Livros e Marcadores" 

 

Posted in , | Leave a comment

O Homem Ausente de Hjorth & Rosenfeldt

Na ladeira das montanhas de Jämtland, na Suécia, seis corpos são encontrados. Mais precisamente, seis esqueletos. Dois deles de crianças. Os corpos foram enterrados há muito tempo. Para Sebastian Bergman, que viaja para o local do crime com o resto da equipa do Departamento de Investigação Criminal, estes factos só tornam ainda mais complexa a investigação sobre quem são, quem os matou e porquê.
 
No início, Sebastian vê o caso como uma oportunidade de escapar da ex-namorada e passar algum tempo com a filha, Vanja. Uma oportunidade para tentar construir uma relação com ela antes que seja tarde demais.
 
Mas rapidamente descobre que está mais envolvido no caso do que gostaria de estar.


MICHAEL HJORTH nasceu em 1963 em Visby. Sempre amou filmes e livros e hoje é um dos guionistas e produtores mais talentosos da Escandinávia. É um dos fundadores da produtora de sucesso Tre Vänner, responsável pela primeira comédia de grande sucesso da Suécia assim como por alguns dos guiões dos filmes da série Wallander, de Henning Mankell.

HANS ROSENFELDT nasceu em 1964 em Borås. Trabalhou como tratador de leões-marinhos, motorista, professor e actor até 1992, quando começou a escrever para a televisão. Escreveu guiões para mais de 20 séries e já foiapresentador de programas de rádio e televisão. É o criador da série sueca de maior sucesso - a premiada série policial Bron (“The Bridge”), reproduzida em mais de 170 países e com remakes nos EUA, com o mesmo nome, e em França (“The Tunnel”).
 

Posted in , , , | Leave a comment

Votos de Boas Festas e um Santo Natal

Caros leitores amigos

obrigado por mais um ano, onde o tempo nem sempre foi suficiente para fazer tudo quanto desejaria, mas apesar disso foi claramente positivo, obrigado pela vossa companhia e cumplicidade. Pelos "bons dias" bem dispostos, pelas brincadeiras que quebram dias tensos e trazem um pouco de cor.

Pelo conforto de uma palavra, sempre disponível, num desabafo de desalento.

Agradecemos o carinho com que fomos brindados diariamente este ano.

Votos de Boas Festas e um Santo Natal para todos e respectivas familias. Desejo do fundo do coração que possam viver momentos mágicos este Natal.

Paulo Pires
PS: «Em cada leitor um amigo.»


Posted in | Leave a comment

O Enforcado de Faye Kellerman

"Adoramos a habilidade com que Kellerman aborda as investigações policiais, a sabedoria talmúdica e a cozinha kosher… juntamente com as reviravoltas inesperadas pelas quais é conhecida.”

Boston Herald




Há quinze anos, Chris Whitman, no seu último ano do secundário, foi parar à prisão por ter assassinado a namorada, Cheryl Diggs. 

Impulsionado por um sentido equivocado de cavalheirismo, confessou, determinado a proteger outra colega de turma, a bela e vulnerável Terry McLaughlin, de ter que testemunhar no seu julgamento. Quando a verdade veio à tona, Chris foi libertado da prisão e casou-se com Terry, que estava grávida dele, e mudou o seu apelido para Donatti.Peter 

Decker foi o detetive encarregado do caso e, ao longo dos anos, manteve contacto com Terry. Agora, a sua amiga estava em Los Angeles e pede-lhe um favor, mas o favor não tardou a complicar-se quando Terry e Donatti desaparecem, deixando Gabe, o seu filho de catorze anos, sem ninguém a quem recorrer, exceto Decker e a esposa, Rina Lazarus.

Mas Decker tem de combinar a procura de Terry com um assassinato horrível. A enfermeira Adrianna Blanc tinha terminado o seu turno às oito horas da manhã. Seis horas mais tarde, um capataz, que supervisionava a construção de uma casa numa área residencial perto do hospital, descobriu o corpo pendurado numas vigas com cabo elétrico à volta do pescoço. 

Adrianna, uma profissional dedicada e conscienciosa, também gostava de festas, álcool, sexo fetichista e traía o namorado, Garth Hammerling, por vingança. As suspeitas aumentaram quando Decker e a sua equipa descobrem que um dos últimos telefonemas de Adrianna foi uma mensagem provocativa para o namorado, que estava de férias e que também tinha desaparecido sem deixar rasto.

Como se coordenar duas investigações não fosse suficiente para ele, as coisas não param de se complicar a nível familiar. Decker, que sempre foi um pai preocupado, queria cuidar de Gabe, o filho de Terry. Mas quem iria proteger a sua família? Porque se havia algo que tinha claro era que, com um sociopata como Donatti à solta, ninguém estava realmente seguro.


 

Autora best-seller do New York Times Faye Kellerman é autora de vinte e sete romances, incluindo vinte best-seller de mistério do New York Times em que aparece a equipa de Peter Decker e a esposa, Rina Lazarus. 

Também escreveu dois romances com o marido, o autor best-seller do New York Times, Jonathan Kellerman. A HarperCollins Ibérica publicou anteriormente Na escuridão.

Posted in , , | Leave a comment